sexta-feira, 27 de junho de 2008

Preocupação

Não te preocupes com aqueles que, vendo-te estender a mão em favor do carente, te tenha em conta de tolo. Cumpras aquilo que teu coração determina, levando tua caridade mesmo àqueles que não saberão reconhecer. O que importa é o teu gesto de amor fraternal e não a ingratidão ou incompreensão. Deves ter em conta que te será muito mais satisfatório oferecer do que pedir. Não feches, pois, teus ouvidos e procures abrir tanto quanto pode o teu coração.

2 comentários:

Ágape disse...

NÃO SE PREOCUPAR
Há apenas duas coisas com que você deve se preocupar.
Se você está bem ou se está doente.
Se você está bem, não há nada com que se preocupar.
Se você está doente, há duas coisas com que se preocupar.
Se vai se curar ou se vai morrer.
Se você vai se curar, não há nada com que se preocupar.
Se você vai morrer, há duas coisas com que se preocupar.
Se você vai pro céu ou se você vai pro inferno.
Se você vai pro céu, não há nada com que se preocupar.
Agora se você for para o inferno estará tão ocupado cumprimentando
os velhos amigos que nem terá tempo de se preocupar.
ENTÃO, PRA QUE SE PREOCUPAR?

Luiz disse...

Uma pessoa ocupada em servir nunca dispõe de tempo para comentar injúria ou ingratidão.
Por maior lhe seja o fardo do sofrimento, lembre-se de que Deus, que agüentou com você ontem, agüentará também hoje.
Muita Luz e Sabedoria!