quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Aula de amor (Lionardo Fonseca Paiva)


A pessoa que ama é uma pessoa espontânea.
A pessoa que ama não tem necessidade de ser perfeita, apenas humana.
Se você sente amor dentro de seu coração, deixe que os outros conheçam seus sentimentos.
Liberte suas emoções!
Não viva no passado.
Ele só tem valor porque fez de você o que é hoje.
Viva no agora!
Quando estiver comendo, coma.
Quando estiver falando, fale.
Quando estiver olhando, olhe.
Quando estiver amando, ame.
E perceba a beleza de cada momento.
Não devemos ter medo de mostrar emoções.
O Amor é como um espelho.
Quando você ama uma pessoa, se transforma no espelho dela e ela no seu.
O amor verdadeiro só cria, nunca destrói.
O amor tem os braços abertos.
Se você fechar os braços para o amor,verá que está apenas abraçando a si mesma e isolando-se no mundo, descobrindo a solidão.
Jamais reprima seus sentimentos, senão eles jamais se tornarão realidade.
Se você quer dar uma risada, dê uma gargalhada.
Se você quer gritar, desabafe.
Se você quer amar, ame com todas as suas forças.
Só assim você achará a verdadeira felicidade.
Isto não é um poema de amor, é sobre você, e sobre todos aqueles que um dia se expuseram para tocar o coração de outra pessoa.

2 comentários:

Mario disse...

Minha cara Anis! Saudade.Amiga! O clima natalino já impera por todos os cantos e recantos e eu venho aqui para te oferecer uma lembrança de Natal. Você pode apanha-la, ela está na minha sala de lembranças que fica a esquerda do meu blog.Feliz Natal e Feliz Ano Todo.Tenha um lindo fim de semana.Saudações Poéticas - Mario Neves.

Sol Hoffmann disse...

Oieee amiga
Bom dia...
Muita Saudades de você.
Venho te convidar a conhecer o
novo lay dos meus blogs...

http://ocantodasol.zip.net ( azul)

http://canto-da-sol.zip.net ( verde)

Te espero por lá
Beijinhos de luz...
Sol Hoffmann