segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Confiança – uma alavanca para um novo tempo


Oposta à confiança está a depressão. Precisamente a desconfiança engendra esta terrível víbora. Mas a confiança desperta as mais ardentes e divinas inclinações do espírito.
Os seres celestiais podem aproximar-se das pessoas nas horas de confiança e o milagre da inspiração cria as mais harmoniosas aproximações.
A confiança precisa ser cultivada pois, do contrário, a pessoa afunda na inércia, em estado de depressão. A confiança é o conhecimento direto: não pode haver traição ou prejuízo para quem desempenha a grande tarefa do Deus Vivo, que é confiar.
Aquele que é abençoado com a confiança não precisa de armadura. Para termos boa saúde é preciso ter alegria em viver. Mas, como podemos ser alegres se não confiamos no nosso próximo, no bem e na vida?
Sem confiança, nossos dias se tornam de uma feiúra só. Ficamos tristes, amargos, descrentes e... depressivos e doentes.
O bem-estar e a saúde são encontrados na confiança. É preciso confiar no presente e no futuro, no conhecido e no desconhecido, no visível e no invisível. Mas não vamos confundir confiante com afoito ou descuidado!
A vitória só é alcançada pela confiança e pelo coração aberto. A fé corresponde à auto-hipnose, enquanto a confiança diz respeito à auto-análise. A fé é indefinida em sua essência, mas a confiança confirma que o amor é infalível.
A manifestação da confiança é indispensável para a comunhão com Deus.

(Lúcia Helena dos Santos)

3 comentários:

Mario Neves disse...

Olá Lúcia! Primeiramente desejando uma semana bem gostosa pra vc.Navegando pelas ondas amigas da net chego ao seu cantinho para mais uma cordial visita. Muito bom estar aqui sabendo das suas novidades e trazendo as minhas nessa troca de carinho e amizade.Carinhosamente.Saudações Poéticas - Mario Neves

Lucia disse...

Anis,
Não consigo me disprender do passado de nada. Foi uma longa vida com o meu marido. Uma linda história de amor. Estou presa a tudo. Eu teria que fazer grandes mudanças. Ainda não consigo. Quem sabe no futuro. No momento o nome do meu blog não esta condizente com a minha pessoa. Agradeço de coração as palavras de carinho e fôrça. beijo carinhoso
Lucia

Mario Neves disse...

Ola Anis!Acho que agora acertei o seu nome, desculpe-me pela vez anterior. Fiquei feliz com sua visita ao Amor...Desbragado... e espero que venha sempre, que eu também estarei sempre por aqui. Fiquei feliz também em saber que deseja postar um de meus poemas, fato este que me honra muito.Se me confiar o seu e-mail com muito gosto enviarei um texto para este fim. Fique com meu carinho e amizade. Saudações Poéticas - Mario Neves