segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Aceitação

São tantas perdas que sofremos nessa vida
Tanta dor nos momentos de desenlaces
Que parecem que podaram um pedaço da gente
arrancaram, lascaram, sem anestesiar

E fica aquele vazio no peito da gente
No corpo, na alma aquela dor,
aquela falta sem cessar, lesado no corpo no coração
Sentimos que nem o tempo vai curar, tal mutilação

Que fazer, se não há como a falta sanar
Que fazer, se não há como remediar
Que fazer, se não há como ressuscitar
Que fazer, se não há como o coração consolar

Somente os desígnios da vida e de Deus aceitar
Pois a vida vai que continuar
A parte que se foi, vamos aprender a conciliar
O que morreu, sua parte cumpriu, e a nossa vida vai continuar

A nossa parte deve chegar ao fim, devidamente completada
Nascemos já sentenciados, com uma missão a ser cumprida
Não sabemos exatamente, nem quando, nem de que nem onde
Muito menos a missão a ser constituída, parte da condenação

Esta vai depender do seu livre arbítrio
das escolhas de sua vida
Se você alimenta mais o Bem ou o Mal
Dependendo de você, os atenuantes e os agravantes

De nada adianta reclamar, se lastimar
Muito menos sentir pena de si
Porque a vida, o tempo não vai parar para te esperar
A vida vai continuar, se não luta, seu suplicio só vai aumentar

Que fazer então? Se resignar, se consolar, aceitar?
Parece ser este o caminho, o da Aceitação
Com Amor, Fé e esperança no coração
Pois é o único caminho para paz, e a alegria da reconciliação

Aceitar a vida como ela nos é dada
Estar para as mudanças que são eternas
Prevenido, preparado, dando sentido a sua vida
Pois o maior sentido ela, é viver, e sua parte fazer.

Joe'A

Um comentário:

evanir disse...

Senhor dá-me serenidade para aceitar tudo
que não possa ser mudado.
Dá-me força para mudar tudo o que pode e deve ser mudado.
Mas, acima de tudo, dá-me sabedoria para distinguir uma coisa da outra.
Uma semana de infinita paz .
Beijos com eterno carinho,Evanir.
www.fonte-amor.zip.net