quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Sem fé, esperança e amor



Mais triste que castelo abandonado, em ruína, destroçando-se pela ação do tempo,
é a pessoa que caminha pela vida sem fé e esperança,
sem amor ou qualquer outro sentimento que possa lembrar um pouco do Cristo,
porque ela não sente a beleza da vida,
em primeiro lugar,
e a grandiosidade de uma existência consagrada à prática da caridade, do amor,
da fraternidade, em segundo.
Por que as crianças estão sempre sorrindo, alegres, como vivendo o festival de luz e beleza?
Apenas porque elas vivem puras e aproveitando os raios do sol e o colorido que enxergam.

Um comentário:

cláudia→http://essencialefeminina.zip.net/ disse...

Bom dia!!! Que linda mensagem! passadinha para me deliciar com os seus textos e te oferecer o meu award como símbolo da minha amizade.te desejo uma quinta-feira maravilhosa!!! grande beijo no coração!